Eclosom no Pichel, certame para bandas emerxentes

A Gentalha do Pichel organiza Eclosom, I Certame de músicas emergentes do Pichel. Até o 31 de xaneiro do 2017 está aberto o prazo para a inscrición de bandas que han cantar e empregar o galego nas súas redes, ter mulleres na formación e non ter publicado disco ningún. Toda a info e as bases do certame neste artigo.

Descriçom.

O Eclosom nasce como um concurso de bandas com o objetivo de promover a apariçom de novas formaçons musicais na nossa língua e como umha oportunidade de visibilizaçom das mulheres num eido tam masculinizado como é o da música. Assim mesmo também se pretende pôr em valor o nosso local como sala de concertos e dinamizar a nossa oferta cultural.

No processo para seleccionar os ganhadores fomentara-se a maior participaçom possível do público (votos polas redes sociais e votos presenciais) mas também contará com a presença dum júri.

O porquê.

É um feito mais que evidente a boa saúde da que goza o panorama musical galego com inúmeros festivais por todo o País, gran quantidade de bandas que abarcam os mais variados estilos, etc. Mas também há que dizer que muitas vezes som as mesmas bandas as que centram todos os focos e os cartazes e é difícil para os novos conjuntos sair avante e dar-se a conhecer. Aliás, sóma-se um problema estrutural que nom só afeta a música galega, a inexistência -salvo contados casos- de bandas de mulheres e mesmo a escasa ou nula presença de mulheres nos cenários da Galiza. Devería ser, assim mesmo, normal na Galiza a existência de grupos de música em galego mas, apesar do dito anteriormente a respeito da saúde da música galega, continúa a ser considerado um feito surpreendente e mesmo de ativismo político cantar na nossa língua.

Consideramos que com o nosso certame estaremos contribuindo a solucionar dentro das nossas possibilidades estes três pontos: ajudar os novos a abrir-se caminho no mundo da música servindo como suporte para a difussom do seu trabalho, fomentar a visibilizaçom nos cenários às mulheres e às moças num espaço até hoje quase exclusivamente reservado para os homens, e promover o uso normal da nossa língua num ámbito mais como é o da música. Além disso também queremos reivindicar a Gentalha como ferramenta de difussom cultural para além dos eidos mais convencionais aportando o nosso graozinho de areia à música galega atual.

O certame:

O sistema elegido para a realizaçom do concurso pretende ser o máis participativo possível.

Apartir da apresentaçom do concurso e da publicaçom das bases do mesmo abrira-se um período de tempo para que as formaçons acheguem o seu trabalho. Acabado este período de tempo seleccionaran-se aquelas formaçons que cumpram os requisitos do concurso e seram apresentadas nas nossas redes sociais. Começará entom um período de votaçom no que as usuárias decidiram que bandas devem ser as que cheguem à final. A final será na Gentalha numa espécie de “gala” na que se bateram as bandas finalistas. Nesta gala haverá também umha votaçom popular para escolher a melhor banda e um júri que dará também o seu veredito.

As bases:

Para poder participar no certame Eclosom de bandas emergentes será necessário:

  • cantar em galego

  • contar com a presença de mulheres

  • nom ter publicado nengum disco e ter polo menos 4 cançons de criaçom própria em galego

  • as comunicaçons das bandas nos seus perfís das redes sociais tenhem de ser em galego

  • as letras nom podem conter mensagens sexistas, homófobas, xenófobas, racistas ou qualquer outro tipo de discriminaçom.

Para inscrever-se os grupos devem mandar a Este enderezo de correo-e está a ser protexido de programas autómatas de envío de correo non sedexado, precisas activar o JavaScript para velo um mail com:

  • arquivos de áudio de polo menos 2 dos seus temas

  • umha pequena biografia do grupo e umha fotografia

  • links às redes sociais e videos no caso de dispor delas

O praço para apresentar-se ao certame acaba o 31 de Janeiro do 2017 às 23.59.

As finalistas seram 3 bandas: 2 elegidas através do voto popular nas redes sociais da gentalha e 1 seleccionada por um juri distinto ao da final.

A banda ganhadora sairá dumha gala final que terá lugar em Abril do 2017 na Gentalha do Pichel e na que cada banda tocará um máximo de meia hora. Será seleccionada por um juri (que daremos a conhecer mais adiante) formado por músicas, pessoas de meios especializados e umha pessoa representante do Pichel, junto à decissom do público presente que também participará na eleiçom com o seu voto.

O prémio dará-se a conecer na gala final e consistirá em 300€ e a actuaçom nos concertos da Festa do Dezassete em Compostela para as ganhadoras.

A participaçom no concurso implica a aceitaçom das bases do mesmo.

O júri:

O júri encarregado de decidir junto ao voto popular as ganhadoras do certame estará formado por músicas, pessoas de meios especializados e umha pessoa representante do Pichel.

O prémio:

O grupo ganhador do certame recibirá como prémio 300€ e atuará na Festa do 17 do 2017.


Engadir un comentario


Código de seguridade
Recarregar

Atención! Este sitio usa cookies e tecnoloxías similares.

Facendo click en aceptar, estás dacordo co seu emprego

Acepto